Aplicação: Hortifrúti

As embalagens para hortifruti são feitas em PET. As mais comuns do mercado são as de uva (clamshell 190 x 115 mm), morango (clamshell 180x 120 mm) e tomate grape (clamshell 90 x 90 mm).

 

O material usado na produção desses descartáveis é normalmente o PET com espessura entre 0,3mm e 0,5mm.
As máquinas indicadas para a fabricação desses itens são a TC e a TCM quando
essas embalagens possuem furos.

A linha TC molda e corta na mesma estação, empilha e retira as pilhas de embalagens contadas em uma esteira.
A linha TCM molda, perfura, corta, empilha e retira as pilhas de embalagens contadas em uma esteira.


As tecnologias mais importantes na produção dessas peças termoformadas são:

• Corte feito com facas gráficas: Menor custo do molde em relação a estampos de corte.
• Moldagem com pressão positiva (pressure forming) que garante maior velocidade e maior definição de detalhes das pecas moldadas.

Produtividade aproximada das máquinas para alguns exemplos:

Máquina: TC-1 490 mm x 360 mm. (Capacidade produtiva de 32 ciclos por minuto em PET 0,3 a 0,4 mm).

Embalagens de morango: molde de 2 cavidades e produtividade de 3.800 embalagens por hora.

Embalagens de tomate: molde de 4 cavidades e produtividade de 6.700 embalagens por hora.

 

Máquina: TC-2 700 mm x 500 mm. (Capacidade produtiva de 32 ciclos por minuto em PET 0,3 a 0,4 mm).

Embalagens de morango: molde de 4 cavidades e produtividade de 7.600 embalagens por hora.

Embalagens de tomate: molde de 9 cavidades e produtividade de 15.000 embalagens por hora.

 

Máquina: TCM-2 700 mm x 500 mm. (Capacidade produtiva de 32 ciclos por minuto em PET 0,3 a 0,4 mm).

Embalagens de uva perfuradas: molde de 4 cavidades e produtividade de 7.600 embalagens por hora.